Pular para o conteúdo principal

A Mão Gigante, a mão na parede e o Apóstolo Ultraman!


A mão gigante, a mão na parede e o apóstolo Ultraman


Gizuz Ultraman no acampamento de carnaval da Renascer

Digão



Depois de alguns dias me recuperando de minha mudança (agora moro em Recife, benhê), estava querendo desenferrujar, escrever algo mais leve, mais devocional, para acalentar a alma. Bem, infelizmente os inimigos da cruz não me permitem baixar a guarda. Aliás, a profusão de anticristos, hoje em dia, faria a alegria de qualquer produtor de filmes de terror de baixo orçamento. Faria, não, faz: vão fazer o reboot de Deixados para trás. Mas essa bobagem cinematográfica fica pra depois.


Li, recentemente, que um encontro de gente vazia de Deus e plena de Baal, encontro esse chamado também de “acampamento”, o cleptoapústula Estevam Hernandes coloca uma mão cenográfica para ser adorada por seu rebanho idólatra, que acha que aquela mão gigantesca, que provavelmente caiu de algum carro alegórico que homenageava o Ultraman no carnaval, era algo parecido com a mão de Deus. É, a falta de familiaridade com o Deus verdadeiro gera esses micos estratosféricos...

O nível de loucura, insensatez e desprezo pela sanidade e santidade de uma vida cristã pautada pelos princípios bíblicos chega a níveis que escapam qualquer escala de medida. O ridículo que a igreja evangélica brasileira passa, achando que está cumprindo o Ide de Jesus, enche qualquer um de vergonha e raiva. Parafraseando o Lula, nunca antes neste país a passagem bíblica de Romanos 2.24 se tornou tão real – basta relembrar o esculacho que Silas Malafaia tomou da jornalista Marília Gabriela.

Apóstolo Ultraman, haiiiii!

A Bíblia fala de um sujeito, tão cleptoridículo quanto nossos autoungidos, que também quis fazer festa com coisa santa. Daniel 5 nos conta que Belsazar, descendente de Nabucodonosor (seu pai, na verdade, era Nabonido, que reinou junto com o filho, o que faz de Belsazar neto legítimo de Nabucodonosor), pegou os utensílios santos que eram usados no templo de Jerusalém, pilhados durante a invasão babilônica, para fazer uma “balada”. Mas no meio da bagunça aparece uma mão – não a do Ultraman, mas a de Deus – e escreve na parede as palavras mene, mene, tequel, parsim, que, interpretadas por Daniel, significavam que Deus havia contado os dias do reinado de Belsazar, decretando o término dele, sendo que o reino seria entregue aos persas; além disso, Deus havia revelado como o rei, que se achava o máximo, era, na verdade, o mínimo (Dn 5.25-28). Isso tudo porque Belsazar havia desafiado o verdadeiro Rei (Dn 5.23).

Na página do cleptoapústula Estevam Hernandes no Facebook 


Assim, como Belsazar, a igreja evangélica brasileira desafia o verdadeiro Rei, dando glória a objetos de plástico (cartões de crédito), papel (dinheiro) e níquel (moedas), entronizando gente que deveria estar curtindo uma temporada no Urso Branco (presídio federal em Porto Velho) e adorando a mentira, em vez de adorar a Verdade Encarnada (Jo 14.6). Mas, como se diz lá em Minas, enquanto existir cavalo, São Jorge não anda a pé. Enquanto existirem pessoas dispostas a “faturar” usando o nome de Deus, existirá um mercado amplo de gente disposta a amar o engano. O contrário também é verdadeiro. Enfim, vivemos simplesmente a lei da oferta e da procura: gente prostituindo a Palavra e gente querendo uma palavra prostituída. No fim das contas, o verdadeiro Deus, que pesa os corações, está pesando os da igreja evangélica brasileira. E os tem achado ocos, vazios, leves. Sem vida. Mas com muita disposição para idolatrar mãos gigantes do Ultraman.


Digão acha que falsos profetas precisam levar uma palmada de mão aberta na nuca, para o Genizah


Fonte:http://www.genizahvirtual.com/2013/02/a-mao-gigante-mao-na-parede-e-o.html

Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!

Comentários

José Iran Filho disse…
Paz irmã(o)
Meu nome é Iran, sou do ministério Prepara Missões e gostaria de pedir que mude apenas mais uma vez o link, por que o nosso foi "Roubado" por outro site com mais posses
www.preparamissoes.blogspot.com
Li e reli. Gostei tanto que para mim uma cópia imprimi.
Abraços.
Fabio, cristaodebereia.blogspot.com
Walter Filho disse…
Essa da mão do Ultraman foi "piiiiiiiiiiiiiiiiiiii"!
Óleo de peroba na gospeldade!

Abração mano Márcio!

God bless you!!!

Microscopicamente teclando (João 3.30),

Pr.Walter Filho

http://blogdowaltim.blogspot.com
Stephan Garcia disse…
Estou refletindo muito... Benção de post!
diogo garreto disse…
olá que Deus te abençoe

acesse e siga meu blog ja to seguindo o seu.

http://www.eu-creio-em-deus.blogspot.com.br/
Ismael Júnior disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Jessé Palma disse…
Excelente blog!
Já estou seguindo...
Conheça o meu também:
http://prjessepalma.blogspot.com
E se gostar é só seguir e comentar bastante! Abraço!
Ronaldo Alves disse…
Sangue de Jesus tem poder!

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

As 5 expressões evangélicas mais sem sentido usadas nas Igrejas
5 – EXORTAR Essa expressão é usada de modo equivocado em 100% das Igrejas. Segundo qualquer dicionário, exortar significa “animar, incentivar, estimular”. Logo, exortar o irmão que está em pecado na verdade não significa repreende-lo. Quem está vivendo no erro não precisa de um incentivo, mas de um auxílio. 4 – LEVITA Essa morreu no Antigo Testamento. Os Levitas eram descendentes da Tribo de Levi, e eram encarregados de TODO O SERVIÇO no Templo. Mas Levita tem sido usado como sinônimo de músico. Besteira pura! Pra começar a música no serviço levítico era a menor das tarefas. A faxina, organização e carregar peso nas costas, isso sim era a parte mais importante do trabalho. Levando em conta que não somos judeus, não somos descendentes daquela tribo e também lembrando que o Templo não existe mais, então estamos dispensados do serviço levítico. Músico é músico. Ponto.
3 – PROFETA Segundo a bíblia, profeta é aquele que revela a von…

95 Teses para a Igreja de Hoje

Reafirmamos a necessidade das 95 teses de Lutero para Igreja. Há uma necessidade de uma Reforma nos dias atuais!
1 – Reafirmamos a supremacia das Escrituras Sagradas sobre quaisquer visões, sonhos ou novas revelações que possam aparecer. (Mc 13.31) 2 – Entendemos que todas as doutrinas, idéias, projetos ou ministérios devem passar pelo crivo da Palavra de Deus, levando-se em conta sua total revelação em Cristo e no Novo Testamento do Seu sangue. (Hb 1.1-2) 3 – Repudiamos toda e qualquer tentativa de utilização do texto sagrado visando a manipulação e domínio do povo que, sinceramente, deseja seguir a Deus. (2 Pe 1.20) 4 – Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus e que contém TODA a revelação que Deus julgou necessária para todos os povos, em todos os tempos, não necessitando de revelações posteriores, sejam essas revelações trazidas por anjos, profetas ou quaisquer outras pessoas. (2 Tm 3.16) 5 – Que o ensino coerente das Escrituras volte a ocupar lugar de honra em nossas igrejas. Que haja …

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

PASTORA DENUNCIA LIDERANÇA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR Comentário de Wagner Lemos (ex-membro dessa empresa que muitos chamam de Igreja Quadrangular): Como membro da Quadrangular a mais de 15 anos sei de muita coisa ali… e o que é escancarado é nossa liderança corrupta! Que vê as igrejas como empresas e sua membresia como clientes. Tenho um amigo pastor que foi designado para pastorear uma igreja Quadrangular numa cidade vizinha a nossa, e quando retornou me contou com lagrimas nos olhos: A reunião de liderança da minha região é uma vergonha! Tive que ouvir coisas como: Bater metas financeiras… Arrecadação… Propósitos… Não ouve a menção de almas! Apenas dinheiro… Parecia estar numa reunião de empresários sem ser uma… E esse vídeo que achei na internet só comprova aquilo que já sabia a muito tempo! Os pastores do alto escalão, normalmente os responsável por cada região sobrevivem das igrejas de bairro. Os pastores se viram como podem para manter a igreja e ainda enviar a porcent…