Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

Cobertura Espiritual, Isso é Bíblico?

Imagem
Por Thomas Magnum 
A cada dia o sincretismo religioso no meio evangélico fica mais absurdo e assustador. Porque muitas vezes o indivíduo não sabe onde está entrando, se num templo evangélico ou num centro espírita ou ainda num sei lá o que, que tem a palavra gospel no meio. Uma das mais novas modinhas doutrinárias das igrejas neopentecostais é a cobertura espiritual. Ou poderíamos chamar também como personal prophet. O crente agora tem um guru que vai guiar suas decisões e escolhas na vida, e nisso temos as mais absurdas colocações a ponto até de interferir na vida conjugal de um casal. Essa prática tem crescido muito em solo brasileiro, e vemos muitos grupos antes históricos no meio evangélico agora abraçarem cegamente o movimento da cobertura espiritual. 
Interessante ressaltar uma semelhança indissociável com os espíritos guias do espiritismo. O fiel vai comprar um carro, tem que perguntar ao seu líder, vai namorar, tem que ter autorização de seu líder, vai sair pra jantar com a esp…

O QUE PENSO SOBRE OS BLOCOS EVANGÉLICOS NO CARNAVAL!

Imagem
O QUE PENSO SOBRE OS BLOCOS EVANGÉLICOS NO CARNAVAL Por Renato Vargens
Nos últimos anos tornou-se comum encontrarmos em algumas igrejas evangélicas blocos carnavalescos. 
Com o intuito de pregar o evangelho durante o carnaval, evangélicos de denominações diferentes criaram blocos e até mesmo Escolas de Samba cujo objetivo final é pregar aos foliões. Segundo os sambistas de Jesus, essa é uma maneira de evangelizar os perdidos que se encontram absortos em iniquidade e que precisam desesperadamente de Cristo.
Antes de qualquer coisa preciso afirmar que concordo plenamente com o fato inequívoco de que os perdidos estão mergulhados em iniquidade e que carecem da graça do Senhor. Sem sombra de dúvidas isso é um ponto indiscutível. Verdadeiramente os homens estão destítuidos da glória de Deus, mortos em seus delitos e pecados e incapazes de buscarem ao Senhor. (Efésios 2:1-10)
Caro leitor, o que me preocupa efetivamente não é o desejo de evangelizar, nem tampouco a vontade de pregar as Boas Nova…

Cinco coisas que existem no inferno e faltam na igreja!

Imagem
Cinco coisas que existem no inferno e faltam na igreja

 Fabio Scofield

Em Lucas cap-16:19-31:

“A parábola do rico e Lázaro”

Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente.
Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele. E desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.
E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado.
E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro, no seu seio.
E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.
Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado.
E, além dis…

A IGREJA QUE DESAPARECEU!

Imagem
A IGREJA QUE DESAPARECEU

Por Magno Paganelli 
O que há nas igrejas que possa atrair pessoas? Pense.
Você iria a uma Igreja, assumiria compromisso irrestrito com os programas que ela propõe, se necessitasse um “milagre financeiro? Esse apelo atrai muita gente, mas de certo os mais sensatos seguirão o conselho dado pelo bom senso e pela Bíblia para cada um trabalhar (Mt 5.45; Ef 4.28; 2Ts 3.10).
Muitas pessoas que precisam de aconselhamento talvez prefiram recorrer a um profissional que estudou para isso; um psicólogo é uma boa alternativa – ainda que não seja a melhor e nem a única.
Que outro motivo levaria alguém a uma Igreja?
Pessoas desanimadas, cansadas da vida, poderiam procurar uma Igreja. Mas também poderiam ir ao teatro, a um espetáculo do tipo stand up comedy. Também poderiam assistir a uma palestra motivacional. Há muitas alternativas às quais se possa recorrer que, convenhamos, são melhores do que muitas igrejas por aí.
Pessoas da última e da nova geração encontrarão dificul…

Depressão - Uma Morte Viva!

Imagem
Depressão - Uma morte viva


Depressão é uma palavra no singular, mas que designa uma série de quadros. Há a depressão leve, a moderada e a chamada grave, ou severa. Há também as depressões que estão relacionadas ao jeito de ser da pessoa. Elas existem, mas não são acontecimentos externos que as desencadeiam – são processos que surgem de dentro para fora. E ainda há as depressões que nem deveriam merecer o nome, já que são reações de tristeza e desencanto por perdas naturais na vida; o desemprego, a saída de um filho de casa, as mudanças de qualquer tipo, a chegada da velhice ou uma doença. Melhor dizendo, tais tipos de quadros merecem mais o nome de "sintomas depressivos", necessários para a elaboração do que se foi e a adaptação à nova realidade.
Depressão é um assunto praticamente inesgotável. Muito já foi dito escrito e descrito sobre ela, e ainda há muito para ser descoberto. Mais dois aspectos existentes em quase todos os tipos de depressão podem ser considerados positivos…