Pular para o conteúdo principal

O Púlpito como o “Teatro das Vaidades”!

O púlpito como o “teatro das vaidades”!




Por Gutierres Fernandes Siqueira

No dia marcado, Herodes, vestindo seus trajes reais, sentou-se em seu trono e fez um discurso ao povo. Eles começaram a gritar: "É voz de deus, e não de homem". Visto que Herodes não glorificou a Deus, imediatamente um anjo do Senhor o feriu; e ele morreu comido por vermes. [Atos 12.21-23 NVI]

Na semana passada escrevi um texto sobre a não valorização da pregação nos meios pentecostais. Isso em si já é uma tragédia, mas o trágico sempre vem acompanhado de outros fatos igualmente lamentáveis. Ora, “um abismo chama outro abismo” [Salmo 42.7]. O descaso com a pregação vem casado com a teatralização das vaidades humanas. 

“Glória a Deus” ou glória ao pregador? Quem frequenta uma comunidade pentecostal sabe que uma das maiores preocupações dos pregadores “avivalistas” (conceito bizarro que atribui ao homem o poder de vivificação) é a igreja “glorificar a Deus”. É comum mandar que a igreja grite em alto e bom som um “glóóóória a Deus”!

Alguém pode dizer que isso é bom, pois quem em sã consciência pode falar que a exortação para adorar a Deus seja algo ruim? Mas não sejamos ingênuos. Muitos pregadores quando fazem essa exortação não estão realmente preocupados com a glória de Deus, mas sim com o efeito espetaculador da ministração. Ou seja, não “o glória a Deus”, mas sim o “glória a mim” que está em jogo. É a satisfação de ver o público da igreja recepcionar a mensagem de maneira acalorada.  

É um sentimento semelhante ao de Herodes. Com um discurso Herodes despertou no povo um sentimento de ouvir a voz de Deus e, vaidoso como era, Herodes ficou cheio de si e não glorificou a Deus de fato. A vaidade do pregador pode vir acompanhada de palavras religiosas. Assim como Herodes tomou a glória de Deus para si. Muitos pregadores encaram o “glória a Deus” como um elogio a si mesmo. É a “confirmação” que a pregação foi “abençoada”, pensam embriagados no ego.

Outra coisa. Que o Senhor nos livre da exortação vaidosa. Que o Senhor nos livre da vaidade do púlpito. É a vaidade que exorta com ar de superioridade. Há quem pregue dizendo que não é “como os demais pregadores porque fala simplesmente a verdade”. Ora, quem fala a verdade não precisa de autopropaganda. Quanta arrogância! Como atribuir a mim um título de arauto da verdade? Ora, sejamos mais pés no chão. Preguemos com a consciência que a verdade do Evangelho pode estar distante daquelas palavras ditas por mim mesmo. Sejamos conscientes que podemos ser canais de erros. 

Muitos pensam que a vaidade está nos pregadores eruditos. Ora, quem é verdadeiramente sábio agirá com sabedoria. Na minha experiência pessoal sempre vi que os maiores egos estavam justamente entre aqueles que diziam mover o céu. Que o Senhor nos livre dos “avivalistas” e derrame sobre nós um avivamento de fato. Falam que movem o céu e estremecem o inferno, mas é apenas o “eu” inchado. 

Que a nossa oração seja: “Senhor, livrai-me do erro, das palavras falsas, da exortação arrogante, das doutrinas frívolas e da vaidade do púlpito. Amém!”


Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!

Comentários

Walter Filho disse…
Como diria Fabricio Werdum: "Boooaaaaaaaaaaaaaaaaaa!".
God bless you and family peroba-man!

Microscopicamente falando (João 3.30),

pr. Walter Filho

http://blogdowaltim.blogspot.com
Gerson Rodrigues disse…
É UMA "BENÇÃO" diz-se do PASTOR, IGREJA, CÉLULA, MINISTÉRIOS, PERSONALIDADES, GRUPOS, PROGRAMAS, REUNIÕES, MOVIMENTOS, CORAL, LOUVOR, ETC.!
Ninguém ESTÁ LIVRE de ELOGIOS e NARCISOS amantes de si mesmos, de outrem, seja dando ou buscando, dizendo, ouvindo, avaliando, nos ELOGIOS nesses “Teatros das Vaidades”!
Disse Jesus:
"Eu não recebo glória dos homens;
Mas bem vos conheço, que não tendes em vós o amor de Deus.
Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis.
Como podeis vós crer, recebendo honra uns dos outros, e não buscando a honra que vem só de Deus?
Não cuideis que eu vos hei de acusar para com o Pai. Há um que vos acusa, Moisés, em quem vós esperais.
Porque, se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele.
Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?" (João 5:41-47)
Paz Marcio,eu chamo estes camaradas de "Maletas de fogo" ,quando abrem fazem um movimento tremendo,mas quando vão embora as pessoas continuam do mesmo jeito......

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

As 5 expressões evangélicas mais sem sentido usadas nas Igrejas
5 – EXORTAR Essa expressão é usada de modo equivocado em 100% das Igrejas. Segundo qualquer dicionário, exortar significa “animar, incentivar, estimular”. Logo, exortar o irmão que está em pecado na verdade não significa repreende-lo. Quem está vivendo no erro não precisa de um incentivo, mas de um auxílio. 4 – LEVITA Essa morreu no Antigo Testamento. Os Levitas eram descendentes da Tribo de Levi, e eram encarregados de TODO O SERVIÇO no Templo. Mas Levita tem sido usado como sinônimo de músico. Besteira pura! Pra começar a música no serviço levítico era a menor das tarefas. A faxina, organização e carregar peso nas costas, isso sim era a parte mais importante do trabalho. Levando em conta que não somos judeus, não somos descendentes daquela tribo e também lembrando que o Templo não existe mais, então estamos dispensados do serviço levítico. Músico é músico. Ponto.
3 – PROFETA Segundo a bíblia, profeta é aquele que revela a von…

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

PASTORA DENUNCIA LIDERANÇA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR Comentário de Wagner Lemos (ex-membro dessa empresa que muitos chamam de Igreja Quadrangular): Como membro da Quadrangular a mais de 15 anos sei de muita coisa ali… e o que é escancarado é nossa liderança corrupta! Que vê as igrejas como empresas e sua membresia como clientes. Tenho um amigo pastor que foi designado para pastorear uma igreja Quadrangular numa cidade vizinha a nossa, e quando retornou me contou com lagrimas nos olhos: A reunião de liderança da minha região é uma vergonha! Tive que ouvir coisas como: Bater metas financeiras… Arrecadação… Propósitos… Não ouve a menção de almas! Apenas dinheiro… Parecia estar numa reunião de empresários sem ser uma… E esse vídeo que achei na internet só comprova aquilo que já sabia a muito tempo! Os pastores do alto escalão, normalmente os responsável por cada região sobrevivem das igrejas de bairro. Os pastores se viram como podem para manter a igreja e ainda enviar a porcent…

95 Teses para a Igreja de Hoje

Reafirmamos a necessidade das 95 teses de Lutero para Igreja. Há uma necessidade de uma Reforma nos dias atuais!
1 – Reafirmamos a supremacia das Escrituras Sagradas sobre quaisquer visões, sonhos ou novas revelações que possam aparecer. (Mc 13.31) 2 – Entendemos que todas as doutrinas, idéias, projetos ou ministérios devem passar pelo crivo da Palavra de Deus, levando-se em conta sua total revelação em Cristo e no Novo Testamento do Seu sangue. (Hb 1.1-2) 3 – Repudiamos toda e qualquer tentativa de utilização do texto sagrado visando a manipulação e domínio do povo que, sinceramente, deseja seguir a Deus. (2 Pe 1.20) 4 – Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus e que contém TODA a revelação que Deus julgou necessária para todos os povos, em todos os tempos, não necessitando de revelações posteriores, sejam essas revelações trazidas por anjos, profetas ou quaisquer outras pessoas. (2 Tm 3.16) 5 – Que o ensino coerente das Escrituras volte a ocupar lugar de honra em nossas igrejas. Que haja …