Enquanto isso...


Enquanto isso...




Ao pecar, creio que o homem acordou o tempo e deu à luz a história, já nasceu com  os dias contados e assim como todos nós vai envelhecendo.
Enquanto Eva comia a fruta, Adão permanecia em silêncio.
Enquanto Abel se alegrava, Caim ardia em ciúmes.
Enquanto Noé construia, o povo zombava.
Enquanto Ló e as filhas corriam, a esposa olhava pra trás.
Enquanto Jacó temeroso enviava presentes a Esaú, este o esperava com o coração amoroso.
Enquanto Moisés estava no monte, o povo se corrompia com o bezerro de ouro.
Enquanto Moisés clamava, Deus dizia: Marche!
Enquanto dez chegavam com relatório negativo, Josué e Calebe afirmavam o contrário.
Enquanto o povo morria no deserto, Calebe continuava tão forte quanto antes.
Enquanto Orfa voltava para seu povo, Rute não se apartava de Noemi.
Enquanto príncipes se reuniam numa conferência nacional querendo um rei, Samuel, após uma vida de serviços, sequer fora ouvido ou convidado.
Enquanto Saul desejava a morte de Davi, este não ousava tocar no ungido do Senhor.
Enquanto Bate-Seba se lavava, Davi a cobiçava.
Enquanto o profeta se afastava após notificar Ezequias da sua morte, este clamava a Deus e era ouvido.
Enquanto Eliseu despedia Naamã, curado de lepra, Geazi ajudante do profeta via ali uma oportunidade de tirar vantagens financeiras.
Enquanto Neemias lutava para levantar os muros de Jerusalém, Tobias e Sambalate trabalhavam contrários a isso.
Enquanto alguns aceitavam comer das iguarias do rei, Daniel e seus amigos recusavam.
Enquanto muitos depositavam grandes quantias, a viúva dava duas moedinhas.
Enquanto Jesus dormia, os discípulos se desesperavam com a tempestade.
Enquanto um leproso voltava agradecido, nove foram embora sem dizer nada.
Enquanto Pedro dizia: Morro por ti, Jesus dizia: Ainda hoje me negarás.
Enquanto os discípulos dormiam, Jesus orava.
Enquanto um ladrão se arrependia, outro criticava e afrontava.
Enquanto o povo ainda dormia, Jesus ressuscitava.
Enquanto o pecado se contorcia, a Graça triunfava.
Enquanto Jesus prepara nossa morada, aguardamos firmes na fé e com inimigos agora vencidos: Satanás, a carne e o mundo.
Zé Gomes (Via Outras Fronteiras e Juliano Fabrício)
Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!

Comentários

Anônimo disse…
Basta ao comércio da fé! Campanha contra a prática do curandeirismo nas igrejas evangélicas neopentecostais do Brasil:

http://www.avaaz.org/po/petition/Investigacao_de_Curandeirismo_na_IURD_e_na_IMPD/

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

20 Escritores que eu não recomendo a leitura!