Pular para o conteúdo principal

Infelizmente, o joio também dízima, oferta e vota!


INFELIZMENTE, O JOIO TAMBÉM DIZIMA, OFERTA E VOTA‏

Por Wesley Moreira
Não estou escrevendo sobre o dízimo. Alias, acredito que os cristãos devam dizimar e ofertar. Meu ponto nesse texto é outro: Como testemunhar o evangelho com eficácia.
Somos Brasileiros e criativos. Portanto, sempre iremos improvisar em nossa maneira de testemunhar sobre o evangelho. Porém a criatividade não deveria nunca mudar o evangelho para algo mais aceitavel ou politicamente correto. Escrevi abaixo de “supetão” tudo aquilo que considero imprescindível para a pregação eficaz do evangelho. Eficácia para mim é o sucesso na produção de Trigo e não de Joio.
Com razão os crentes não são perseguidos pela pregação do evangelho. Por que o mundo perseguiria aqueles que o adulam com uma mensagem “mamão com açucar” que centraliza o homem como a Julieta de um Deus Romeu. Basta uma olhadinha no conteúdo da mensagem de João Batista para entender a razão dele morrer decapitado. Olhe para o que Jesus pregava abertamente aos Judeus para saber o motivo do ódio dos Saduceus contra Ele. Olhe para a mensagem dos apostolos em Atos para entender o porque eles eram açoitados e perseguidos pelos Judeus e Gentios. Jesus nunca disse “Eu te amo”, no singular, para ninguém nos evangelhos. Porque então as pessoas acreditam que dizer “Jesus te ama” é o mesmo que pregar o evangelho?
O Joio é mais fácil de produzir, e para nossa infelicidade, Joio também dizima, oferta, enche igreja e vota nas eleições, o que contribui como principal motivo para os líderes evangelicos buscarem o evangelismo massivo de Joio e não a mais metódica tarefa de produzir o precioso Trigo.
Afinal, em tempos que ópio e maconha dão muita grana, mas ainda são ilegais, a produção legal de Joio é muito tentadora. Por que se preocupar com a santidade da Igreja, da qualidade do evangelho que produz Trigo, se Joio é como mato, basta uma cruzada de milagres aqui, uma campanha de prosperidade ali que eles brotarão por toda parte, até por entre as brechas dos paralelepípedos?
Se Joio não dizimasse, ofertasse ou votasse, alguns líderes evangelicos estariam hoje pregando o evangelho que produz Trigo, ou talvez tentando um cargo politico.
Sou pentecostal desde que ser pentecostal signifique crêr nos dons do Espirito Santo e na atuação do mesmo hoje. Creio em prosperidade desde que esta não seja licensa para saquear o bolso dos fieis, mas aquela que vem pelo trabalho abençoado por Deus e da generosidade com o próximo menos favorecido. Creio em milagres desde que estes não sejam aqueles comercializados, mas apenas a manifestação expontânea da bondade de Deus aos que crêem.
Portanto a minha questão não é briga de direita e esquerda, nem teologia da prosperidade versus teologia da missão integral. Acredito que as duas são faces opostas da mesma moeda. As duas centralizam o homem, seja esse homem o próximo necessitado ou eu mesmo. Como afirmei anteriormente, Jesus nos evangelhos nunca disse a ninguém “Eu te amo” mas perguntou “Tú me Amas?” Pois Ele é o centro, nunca o homem, seja esse homem eu ou o próximo necessitado. Amar a Deus acima de todas as coisas vem antes de amar ao próximo ou de amar a sí mesmo. (Marcos 12:29) Em meu coração está o desejo de ver a verdade de Jesus manifesta ao mundo e do fundo da alma eu sei que tanto a teoria da prosperidade quanto a missão integral e suas vertentes deformam e destroem a verdade do evangelho de Jesus Cristo.
A única razão para a existência da Igreja é o testemunho da severidade e bondade de Deus. O mundo já foi condenado em Adão, a benignidade e bondade de Deus permitiu a humanidade viver para que alguns fossem salvos em Jesus Cristo. Esse é o contraste que deve sempre ser manifesto na pregação do evangelho: Adão X Jesus. Sem o conhecimento da queda ninguém buscará a salvação. E o conhecimento só vem através da lei que expõe a natureza de Adão em nós. A lei não nos salva, mas nos deixa completamente perdidos, sem justiça própria e ansiosos por salvação. A lei nos prepara para receber a graça. A graça nos salva e nos dá poder para sermos santos, a santidade nos torna filhos de Deus, e os filhos de Deus herdam a Vida Eterna.
Há duas testemunhas, duas oliveiras, dois testamentos, Israel e a Igreja que testificam das verdades resumidas nos seguintes assuntos:
Deus é Santo – A criação reflete o criador – Deus exige santidade de sua criação – Adão pecou por livre vontade e expos a criação – Em Adão o mundo foi julgado e condenado – Deus deu a lei como medida para a nossa realidade de seres caídos – Jesus Cristo pagou por nossos pecados – Deus oferece em Jesus uma oportunidade única de Salvação – Arrependimento e novo nascimento são necessários – A Graça nos dá poder para sermos santos – É necessário perseverar e vigiar desenvolvendo a salvação diariamente – Quem é nascido de novo compartilha o evangelho com os demais – Jesus voltará para Julgar e tomar posse do Seu Reino – Os que crêem e vigiam esperando a Sua vinda viverão em santidade pela eternidade.
O esqueleto de toda pregação do evangelho deve conter os seguintes tópicos:
(1) A Santidade de Deus
(2) 10 Mandamentos
(3) Dia do Julgamento
(4) A realidade do Inferno
(5) A Cruz de Cristo
(6) Necessidade de Arrependimento
(7) A esperança da Vida Eterna
Qualquer alternativa a essas verdades produzirá Joio e não Trigo.
Produzir Trigo é salvar uma alma, o que é mais difícil que produzir Joio. Para produzir Joio basta substituir os tópicos acima por:
Vamos para a igreja que Jesus vai te abençoar.
Eu creio sim que Jesus nos abênçoa, mas essa não deve ser a motivação a ser apresentada ao incrédulo. Basta apresentarmos a verdade e aquele que está em nós convencerá o incrédulo do PECADO, JUSTIÇA E JUIZO e não do MILAGRE, PROSPERIDADE E BENÇÃO. (João 16.8)
***
Wesley Moreira é colaborador do Púlpito Cristão e edita o blog Wesmo.
Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

As 5 expressões evangélicas mais sem sentido usadas nas Igrejas
5 – EXORTAR Essa expressão é usada de modo equivocado em 100% das Igrejas. Segundo qualquer dicionário, exortar significa “animar, incentivar, estimular”. Logo, exortar o irmão que está em pecado na verdade não significa repreende-lo. Quem está vivendo no erro não precisa de um incentivo, mas de um auxílio. 4 – LEVITA Essa morreu no Antigo Testamento. Os Levitas eram descendentes da Tribo de Levi, e eram encarregados de TODO O SERVIÇO no Templo. Mas Levita tem sido usado como sinônimo de músico. Besteira pura! Pra começar a música no serviço levítico era a menor das tarefas. A faxina, organização e carregar peso nas costas, isso sim era a parte mais importante do trabalho. Levando em conta que não somos judeus, não somos descendentes daquela tribo e também lembrando que o Templo não existe mais, então estamos dispensados do serviço levítico. Músico é músico. Ponto.
3 – PROFETA Segundo a bíblia, profeta é aquele que revela a von…

95 Teses para a Igreja de Hoje

Reafirmamos a necessidade das 95 teses de Lutero para Igreja. Há uma necessidade de uma Reforma nos dias atuais!
1 – Reafirmamos a supremacia das Escrituras Sagradas sobre quaisquer visões, sonhos ou novas revelações que possam aparecer. (Mc 13.31) 2 – Entendemos que todas as doutrinas, idéias, projetos ou ministérios devem passar pelo crivo da Palavra de Deus, levando-se em conta sua total revelação em Cristo e no Novo Testamento do Seu sangue. (Hb 1.1-2) 3 – Repudiamos toda e qualquer tentativa de utilização do texto sagrado visando a manipulação e domínio do povo que, sinceramente, deseja seguir a Deus. (2 Pe 1.20) 4 – Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus e que contém TODA a revelação que Deus julgou necessária para todos os povos, em todos os tempos, não necessitando de revelações posteriores, sejam essas revelações trazidas por anjos, profetas ou quaisquer outras pessoas. (2 Tm 3.16) 5 – Que o ensino coerente das Escrituras volte a ocupar lugar de honra em nossas igrejas. Que haja …

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

PASTORA DENUNCIA LIDERANÇA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR Comentário de Wagner Lemos (ex-membro dessa empresa que muitos chamam de Igreja Quadrangular): Como membro da Quadrangular a mais de 15 anos sei de muita coisa ali… e o que é escancarado é nossa liderança corrupta! Que vê as igrejas como empresas e sua membresia como clientes. Tenho um amigo pastor que foi designado para pastorear uma igreja Quadrangular numa cidade vizinha a nossa, e quando retornou me contou com lagrimas nos olhos: A reunião de liderança da minha região é uma vergonha! Tive que ouvir coisas como: Bater metas financeiras… Arrecadação… Propósitos… Não ouve a menção de almas! Apenas dinheiro… Parecia estar numa reunião de empresários sem ser uma… E esse vídeo que achei na internet só comprova aquilo que já sabia a muito tempo! Os pastores do alto escalão, normalmente os responsável por cada região sobrevivem das igrejas de bairro. Os pastores se viram como podem para manter a igreja e ainda enviar a porcent…