Pular para o conteúdo principal

Arminianos militantes são tão chatos quanto calvinistas militantes!

Arminianos militantes são tão chatos quanto calvinistas militantes!

Por Gutierres Fernandes Siqueira

Há poucos dias escrevi que uma bênção do arminianismo é a ausência de militância, mas isso, infelizmente, tem mudado. Hoje, para minha surpresa, descobri uma comunidade no Facebook chamada “Não ao calvinismo na CPAD (Casa Publicadora das Assembleias de Deus)”. Mil desculpas aos meus amigos internautas que curtiram aquela página, mas é muita bobagem para pouco espaço. É militância desprovida de razão.

1. Editora confessional não significa “confessionalismo” radical. Ora, não é porque a Assembleia de Deus seja uma igreja majoritariamente arminiana wesleyana que a mesma não possa publicar outras visões soteriológicas. Isso mais enriquece do que empobrece os leitores assembleianos.

Carson é exemplo de erudito calvinista
 moderado publicado pela CPAD. Que venha mais!
2. A maior parte dos livros de autores calvinistas publicados pela CPAD não tem como tema a soteriologia. O ótimo livro A Supremacia de Cristo em um Mundo Pós-Moderno, por exemplo, fala sobre a nossa relação com a cultura. Nele, por exemplo, lemos ótimos textos de Tim Keller, Mark Driscoll, John Piper, D. A. Carson etc. Não há calvinismo propriamente dito. Outro exemplo de teologia da cultura é da calvinista Nancy Pearcey em Verdade Absoluta. No maravilhoso livro A Difícil Doutrina do Amor de Deus, também publicado pelos assembleianos da Casa, o autor D. A. Carson critica o calvinismo em duas ocasiões.

3. É estranho uma editora pentecostal publicar John MacArthur Jr.? Sim, concordo que é meio bizarro publicar o mais conhecido antipentecostal dos Estados Unidos. Mas isso mostra uma virtude da CPAD: a tolerância. Será que a Editora Cultura Cristã, por exemplo, teria a mesma atitude? Isso é ponto positivo para a editora assembleiana. E, é claro, em nenhuma obra publicada pela Casa o autor fala sobre pentecostalismo propriamente dito. Eu também não gosto do MacArthur, mas isso não significa que ele seja totalmente desprezável.

4. Como a CPAD pode desprezar autores calvinistas se eles escrevem mais do que outros autores de confissões conservadoras? Cite pra mim, por favor, alguma obra de referência escrita por uma pentecostal brasileiro! Não há nenhuma. Mesmo os nossos melhores teólogos têm livros que lembram mais apostilas de seminário de férias. Somente quem escreve mais do que os calvinistas são os teólogos liberais. Logo, a CPAD não tem muita escolha. Nem ela e nem as batistas Vida Nova e Hagnos e  a interdenominacional Editora Vida.

5. Eu dou graças a Deus pela postura sem preconceitos da CPAD. Não sou calvinista, mas os autores calvinistas publicados pela Casa muito me ajudaram a compreender melhor a fé cristã. Sim, sou bastante feliz de ter livros da Casa com ótimos autores como J. I. Packer, John Piper, Nancy Pearcey, Charles Colson, D. A. Carson, Matthew Henry etc.

Portanto, caros arminianos, voltem ao tempo que a militância chata era algo apenas de calvinistas desmiolados.


Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

As 5 expressões evangélicas mais sem sentido usadas nas Igrejas
5 – EXORTAR Essa expressão é usada de modo equivocado em 100% das Igrejas. Segundo qualquer dicionário, exortar significa “animar, incentivar, estimular”. Logo, exortar o irmão que está em pecado na verdade não significa repreende-lo. Quem está vivendo no erro não precisa de um incentivo, mas de um auxílio. 4 – LEVITA Essa morreu no Antigo Testamento. Os Levitas eram descendentes da Tribo de Levi, e eram encarregados de TODO O SERVIÇO no Templo. Mas Levita tem sido usado como sinônimo de músico. Besteira pura! Pra começar a música no serviço levítico era a menor das tarefas. A faxina, organização e carregar peso nas costas, isso sim era a parte mais importante do trabalho. Levando em conta que não somos judeus, não somos descendentes daquela tribo e também lembrando que o Templo não existe mais, então estamos dispensados do serviço levítico. Músico é músico. Ponto.
3 – PROFETA Segundo a bíblia, profeta é aquele que revela a von…

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

PASTORA DENUNCIA LIDERANÇA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR Comentário de Wagner Lemos (ex-membro dessa empresa que muitos chamam de Igreja Quadrangular): Como membro da Quadrangular a mais de 15 anos sei de muita coisa ali… e o que é escancarado é nossa liderança corrupta! Que vê as igrejas como empresas e sua membresia como clientes. Tenho um amigo pastor que foi designado para pastorear uma igreja Quadrangular numa cidade vizinha a nossa, e quando retornou me contou com lagrimas nos olhos: A reunião de liderança da minha região é uma vergonha! Tive que ouvir coisas como: Bater metas financeiras… Arrecadação… Propósitos… Não ouve a menção de almas! Apenas dinheiro… Parecia estar numa reunião de empresários sem ser uma… E esse vídeo que achei na internet só comprova aquilo que já sabia a muito tempo! Os pastores do alto escalão, normalmente os responsável por cada região sobrevivem das igrejas de bairro. Os pastores se viram como podem para manter a igreja e ainda enviar a porcent…

95 Teses para a Igreja de Hoje

Reafirmamos a necessidade das 95 teses de Lutero para Igreja. Há uma necessidade de uma Reforma nos dias atuais!
1 – Reafirmamos a supremacia das Escrituras Sagradas sobre quaisquer visões, sonhos ou novas revelações que possam aparecer. (Mc 13.31) 2 – Entendemos que todas as doutrinas, idéias, projetos ou ministérios devem passar pelo crivo da Palavra de Deus, levando-se em conta sua total revelação em Cristo e no Novo Testamento do Seu sangue. (Hb 1.1-2) 3 – Repudiamos toda e qualquer tentativa de utilização do texto sagrado visando a manipulação e domínio do povo que, sinceramente, deseja seguir a Deus. (2 Pe 1.20) 4 – Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus e que contém TODA a revelação que Deus julgou necessária para todos os povos, em todos os tempos, não necessitando de revelações posteriores, sejam essas revelações trazidas por anjos, profetas ou quaisquer outras pessoas. (2 Tm 3.16) 5 – Que o ensino coerente das Escrituras volte a ocupar lugar de honra em nossas igrejas. Que haja …