Caso "Lucas Terra" - Veja e se surpreenda!


TRAÍDO PELA OBEDIÊNCIA – CASO “LUCAS TERRA” DURA 11 ANOS E ACUSADOS CONTINUAM SOLTOS

Recentemente o Púlpito Cristão recebeu contato do Sr. Carlos Terra, pai do menor Lucas Terra, assassinado brutalmente em 2001, onde este comentou sobre a constante batalha que vem enfrentando para que a justiça não deixe os acusados impunes. O Púlpito Cristão compartilha a dor da família e entra na campanha de celeridade do processo.
Veja o caso:
Em 21 de Marco de 2001 o menor de 14 anos, Lucas Terra foi espancado, violentado sexualmente e queimado vivo em um terreno baldio. Após detalhada investigação, a policia baiana concluiu que o autor do crime se tratava de Silvio Roberto Galiza, na época, pastor da Igreja Universal do reino de Deus, cuja vítima fazia parte de um grupo de jovens.
Porém, Silvio Galiza acusou seus superiores bispo Fernando Aparecido da Silva e o pastor Joel Miranda, ambos também da IURD de serem os autores.
Carlos Terra (pai da vítima) relatou ao Púlpito Cristão que na versão de Silvio Galiza, Lucas Terra ao entrar no Gabinete Pastoral teria flagrado o bispo Fernando e o pastor Joel fazendo SEXO, por isso foi teria sido morto.
O crime abalou a Bahia e indignou o Brasil pelo seu requinte de brutalidade. Abaixo você vê a repercussão através do Programa Linha direta apresentado em 2005:

Passaram-se 11 anos e Carlos Terra e Marion Terra (pais de Lucas) ainda lutam para ver os acusados na cadeia. O Silvio Galiza foi condenado, mas passou poucos anos atrás das grades  pois conseguiu semi-berto desde 2008, já os outros dois respondem o processo em liberdade. Carlos Terra se indigna pelo fato destes ainda serem líderes oficiais da IURD, sendo inclusive amparados por advogados pagos pela instituição religiosa.
Diante da lentidão da resolução final do caso, Carlos Terra e Marion Terra passaram a se dedicar em tempo integral para que o assassinato do filho não caia jamais no esquecimento e que a justiça seja feita.
“Conto os dias e as horas para contemplar todos os assassinos atrás das grades. Hoje dia 28 de maio de 2012 completam 4.082 dias e 97.968 horas de luta incessante, jamais vou desistir, pois não os temo, Lucas Terra era um servo de Deus”, escreveu -nos Carlos Terra.
Faça coro conosco, reproduza estas informações! Diante de tanta covardia a impunidade só ampliará a dor da família.
P.S: Caso queira adquirir “Lucas Terra-Traído pela obediência” este livro que conta em detalhes a luta de um pai e uma mãe contra uma das maiores organizações deste país, é só escrever paracarlosterra7@hotmail.com e solicitar.
***
Postado por Antognoni Misael. Divulgacão: Púlpito Cristão.
Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

95 Teses para a Igreja de Hoje