Pular para o conteúdo principal

As Crônicas do Shofarista (1)


Olá amigos!
Antes de mais nada, permita-me apresentar: Meu nome é Shofarista, e estou aqui no Púlpito Cristão para narrar algumas histórias muito interessantes sobre minha vida, principalmente sobre temas relacionados ao que vivi no neopentecostalismo. Nada de caça às bruxas, apenas reflexões sobre temas – no mínimo estranhos – que permearam minha existência ao longo de alguns anos…
“As Fantásticas Crônicas do Shofarista” são histórias diversas sobre fatos verídicos, porém locais e pessoas terão seus nomes alterados, assim sendo, coincidências serão obras do acaso, e nem adianta repreender em nome de Gezuiz! As crônicas serão aleatórias, não seguirão cronologia (embora possa acontecer), e trarão cenários onde muitos se identificarão por motivos diversos: 1) por estar ainda mergulhado no misticismo religioso gospel (ficarão nervosos, possivelmente…); 2) por ter saído deste meio e conhecendo a Graça de Deus se identificarão comigo (estes rirão); 3) os que nunca tiveram contato com as modas e que se verão chocados com tamanha criatividade das ‘lideranças’ em criar quinquilharia mágico-mística-esotérica-ungida-gospel (estão sentir-se-ão alienígenas).
Mas por que raios ‘Shofarista’?! Tá bom, tá bom, eu explico: vivíamos num mover das grandes visagens de multiplicamento de almas e contas correntes, e neste tempo precisávamos romper com as estruturas, sair de Roma e voltar para Jerusalém, como diriam os semi-deuses que reinam pela sinagogas gospels da tupiniquinlândia. E gritou-se em nossa comunidade: hei, precisamos de um shofar! Vamos importar um direto de Israel! Contatamos o importador (será?) que nos vendeu o chifre ungido pela bagatela de meio milheiro de reais. O trem fedia muito seu moço, demais!!! Saía até umas carepinhas podres de dentro do chifre de antílope.
Jogamos de tudo dentro dele: óleo ungido, sal grosso, deixamos no sol, usamos ácido sulfúrico (quase), mas o fedor era incrível, e não saia nem com reza braba ou ato profético! Quando me lembro que colocava a boca ali, penso em como não tive uma infecção…
Tocar o chifre era demais, me deixou superstar não somente na congregação local, lá na cidade de São Trololó do Sul, nos rincões dos pinheirais, mas na circunvizinhança também. EU ERA O CARA!!! Uhu!
Como diziam para nós: “O Shofar é a voz profética de Deus na terra! Ao toque do Shofar muralhas cairão!”. É varão, a canela é de fogo, mas o ouvido é tapado.
Até que eu conhecesse a Bíblia, demorou um pouco, e é nesta senda que vamos andar. Nem todas as crônicas falarão do chifre em si, teremos histórias a.C e d.C (antes do chifre e depois do chifre) que são de fazer os reformadores rolar na tumba! Cacilda-la-lá!
Convoco-te, como autoridade ex-tocadora de Shofar, a nos seguir e acompanhar este mover. E se você for rebelde, receberá o juízo do Shofarista.
Semana que vem você descobrirá com quantas pedras se faz uma macumba gospel.
Até lá!
Seu doce amigo, Shofarista.
***
Crônicas do Shofarista é uma série de posts sem previsão de acabar, onde um ex-neopentecostal e ex-membro de uma igreja apostólica e gedozista contará experiências extremamente bizarras vividas no tempo que desconhecia o evangelho puro e simples. Embora assine os textos com pseudônimo, o Shofarista (ou será Shopharista, com pêagá?) existe de verdade e as histórias contadas são todas reais.
Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!

Comentários

Muito boa essa naarrativa, só fico curioso...de que "igreja" será que ele tá falando hein? rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs
mas só vendo, botar chifre pôdi na boca, aaarrrggghh, mas
aí depois tem o retorno, dá pra comprar aquele troço de gargarejo, difícil é ludibriar
a consciência quando ela acusa...

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

As 5 expressões evangélicas mais sem sentido usadas nas Igrejas
5 – EXORTAR Essa expressão é usada de modo equivocado em 100% das Igrejas. Segundo qualquer dicionário, exortar significa “animar, incentivar, estimular”. Logo, exortar o irmão que está em pecado na verdade não significa repreende-lo. Quem está vivendo no erro não precisa de um incentivo, mas de um auxílio. 4 – LEVITA Essa morreu no Antigo Testamento. Os Levitas eram descendentes da Tribo de Levi, e eram encarregados de TODO O SERVIÇO no Templo. Mas Levita tem sido usado como sinônimo de músico. Besteira pura! Pra começar a música no serviço levítico era a menor das tarefas. A faxina, organização e carregar peso nas costas, isso sim era a parte mais importante do trabalho. Levando em conta que não somos judeus, não somos descendentes daquela tribo e também lembrando que o Templo não existe mais, então estamos dispensados do serviço levítico. Músico é músico. Ponto.
3 – PROFETA Segundo a bíblia, profeta é aquele que revela a von…

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

PASTORA DENUNCIA LIDERANÇA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR Comentário de Wagner Lemos (ex-membro dessa empresa que muitos chamam de Igreja Quadrangular): Como membro da Quadrangular a mais de 15 anos sei de muita coisa ali… e o que é escancarado é nossa liderança corrupta! Que vê as igrejas como empresas e sua membresia como clientes. Tenho um amigo pastor que foi designado para pastorear uma igreja Quadrangular numa cidade vizinha a nossa, e quando retornou me contou com lagrimas nos olhos: A reunião de liderança da minha região é uma vergonha! Tive que ouvir coisas como: Bater metas financeiras… Arrecadação… Propósitos… Não ouve a menção de almas! Apenas dinheiro… Parecia estar numa reunião de empresários sem ser uma… E esse vídeo que achei na internet só comprova aquilo que já sabia a muito tempo! Os pastores do alto escalão, normalmente os responsável por cada região sobrevivem das igrejas de bairro. Os pastores se viram como podem para manter a igreja e ainda enviar a porcent…

95 Teses para a Igreja de Hoje

Reafirmamos a necessidade das 95 teses de Lutero para Igreja. Há uma necessidade de uma Reforma nos dias atuais!
1 – Reafirmamos a supremacia das Escrituras Sagradas sobre quaisquer visões, sonhos ou novas revelações que possam aparecer. (Mc 13.31) 2 – Entendemos que todas as doutrinas, idéias, projetos ou ministérios devem passar pelo crivo da Palavra de Deus, levando-se em conta sua total revelação em Cristo e no Novo Testamento do Seu sangue. (Hb 1.1-2) 3 – Repudiamos toda e qualquer tentativa de utilização do texto sagrado visando a manipulação e domínio do povo que, sinceramente, deseja seguir a Deus. (2 Pe 1.20) 4 – Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus e que contém TODA a revelação que Deus julgou necessária para todos os povos, em todos os tempos, não necessitando de revelações posteriores, sejam essas revelações trazidas por anjos, profetas ou quaisquer outras pessoas. (2 Tm 3.16) 5 – Que o ensino coerente das Escrituras volte a ocupar lugar de honra em nossas igrejas. Que haja …