O Porque de não ser Igreja!

Publicado em  por Leonardo Gonçalves
O porquê de não ser igreja

Por Antognoni Misael
Há um ditado que diz que desde que o homem demarcou um território e disse: “este pedaço de terra é meu”, a igualdade social deixou de existir e evoluiu até os piores momentos da história.
Minha citação neste sentido serve de ponte pra parafrasear o seguinte: “desde que o homem inventou que igreja é templo, e não gente”, que a história da religião cristã desaguou nas mais escuras águas de sua história.
(Minha crítica aqui certamente não refere-se à generalização, mas com certeza a uma grande maioria)
A igreja é um lugar de unção / Enquanto que Cristo rompeu com o paradigma do lugar de espiritualidade.
A igreja é um lugar de prepotência / Enquanto que Jesus se fez o maior exemplo de humildade.
A igreja é um teatro / Enquanto que Cristo viveu o real e não encenou no madeiro.
A igreja é um comércio / Enquanto que Jesus reprovou o negócio em nome de Deus.
A igreja é um caserna de super-homens / Enquanto que a Bíblia é um livro cheio de doentes.
A igreja é esconderijo / Enquanto que deveria ser uma galeria aberta ao mundo.
A igreja é santuário / Enquanto que deveria reunir humanos santos.
A igreja é mais vigiar e punir / Enquanto que Deus é mais amor e misericórdia.
A igreja lida com estatística / Enquanto que Cristo lida com sentimentos.
A igreja convence / Enquanto que Deus converte.
A igreja apedreja / Enquanto que Cristo pedagogiza no perdão.
A igreja visa a forma / Enquanto que Deus visa a intenção.
A igreja é denominacional / Enquanto que Deus nem é evangélico nem muito menos católico.
A igreja se fragmenta / Enquanto que a IGREJA se solidifica
A igreja é uma invenção / Enquanto que a IGREJA somos nós. Eu e você.
________
*igreja = #denominação, #instituição (REPROVADO) 
Medite na canção abaixo :
***
Misael além de amigo é colaborador do Pulpito Cristão e editor do blog Arte de Chocar.
Fonte: http://www.pulpitocristao.com/2011/10/o-porque-de-nao-ser-igreja/
Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM! 

Comentários

A graça e a paz irmão Márcio... Texto belíssimo e mui interessante, vale ressaltar que se transcrevessemos tudo o que Jesus fez em relação a igreja que somos nós e a usassemos no templo que somos nós dentro dos prédios denominados igreja, tudo fluiria de uma maneira tremenda...
. disse…
Caro Misael e caro Márcio:

Embora vossas mentes aguçadas pela fúria permite uma análise sem prévia sem contrasenso crítico, impondo uma visão unilateral não entendo que seja a mais correta. Há necesssidade do povo de Deus conviver, congregar, viver, reunir-se, participar do corpo de Cristo, orar, adorar a Deus, solidaizar-se, praticar a caridade, conversão, reconciliação, etc... Àqueles que não sentem mais esta necessidade, à acusação é o caminho mais fácil e torpe. Realmente concordo há pastores bispos, padres corruptos e levianos, agregados à obras satânicas e pregando, mas eles darão conta de seus atos diretamente à Deus, e Deus não outorgou procuração à seus servos para que eles façam justiça (derribamento de lideranças), porque somente a Deus cabe fazê-la. Na mais puro gesto de humildade, oro a Deus por vocês que os vossos corações consigam enxergar claramente o que falo, porque não é desagregando o rebanho que venceremos a corrupção eclesiastica é orando e denunciando as práticas irregulares. Abraços irmãos fiquem com Deus.
Márcio Mendes disse…
Caro irmão, Paulo o apóstolo dos gentios, defendeu veementemente a sã doutrina e nunca defendeu hereges ou heresias, não pretendo pelo menos eu derrubar nenhum ministro do evangelho apenas tentar mostrar que precisam voltar ao verdadeiro evangelho.

Metanóia e reforma nos corações!

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

95 Teses para a Igreja de Hoje