Pular para o conteúdo principal

Conheça o Judaísmo Messiânico!


20 / setembro / 2011 - 14:41

Judaísmo messiânico: O que é e como surgiu

Diante da pregação sobre os feitos de Jesu,s muitos judeus o aceitaram como Messias, mas não deixaram de seguir os dogmas do Torá
Judaísmo messiânico: O que é e como surgiu
As agências internacionais publicam constantemente os ataques sofridos por judeus messiânicos que vivem em Israel, principalmente em Arad. Essas ameaças e perseguições partem de judeus ortodoxos que são mais conservadores, uma briga religiosa que já dura milênios.
O judaísmo messiânico é a vertente que acredita que Jesus Cristo é o “Mashiach” (Messias em hebraico) que foi prometido por Deus. A origem dessa crença surgiu no século I, quando os seguidores de Jesus passaram a acreditar que Ele realmente era o enviado de Deus, mas não abandonaram suas tradições religiosas e passaram a ser chamados de nazarenos, por causa da cidade onde Jesus nasceu, Nazaré.
Quando o apóstolo Paulo começou a pregar a salvação para os gentios, os judeus começaram a rejeitar a ideia e não mais aceitaram que os nazarenos fossem considerados como judeus.
Com o tempo os nazarenos começaram a se perguntar se deveriam ou não seguir as normas da Torá, principalmente entre os não judeus que começaram a ser evangelizados pelos apóstolos.

O nascimento do cristianismo e do judaísmo messiânico

De acordo com dados históricos esse foi o motivo da briga entre o apóstolo Paulo e o apóstolo Pedro (narrada no capítulo 15 de Atos). Paulo era o maior expoente do grupo antijudaizante que defendia que Jesus veio trazer a salvação para a humanidade, abolindo assim os preceitos da Torá.
Pedro era do grupo judaizante e defendia que os gentios não precisavam seguir a Torá, mas os judeus que passassem a acreditar em Jesus como o Messias deveriam sim continuar a seguir os dogmas do judaísmo.
O aumento dos gentios convertidos pela pregação de Paulo e seus discípulos fez surgir o cristianismo, em uma época conturbada para os judeus, pois eles estavam sob o domínio dos romanos. Fato agravado pela destruição do Templo de Herodes e assim as duas religiões foram afastadas de vez.
Mas os judeus que aceitaram Jesus e continuaram a seguir os mandamentos da Torá não se tornaram cristãos e foram segregados tanto por cristãos como pelos judeus.
Apesar do governo de Israel reconhecer os judeus messiânicos como judeus, eles continuam sendo marginalizados pelos ortodoxos, principalmente os grupos mais conservadores. Antes de 2009, os messiânicos eram classificados pelo Ministério do Interior de Israel como cristãos.

Judaísmo Messiânico no Brasil

No Brasil é possível encontrar congregações judaico-messiânicas em várias cidades como, por exemplo, no Rio de Janeiro, onde há a Congregação Adonai Shamah. O objetivo do movimento é fazer com que os judeus aceitem Jesus como Messias, sem precisar romper com compromisso com a Torá nem com a aliança de Abraão. Seus membros que são descendentes de judeus continuam seguindo rituais como o da circuncisão.
Em Vitória, capital do Espírito Santo, há outra comunidade, a Beit Tefilha Rechovot (Casa de Oração Rechovot) que é fundamentada em três pilares: Torah, Avodah e Tzdakah. Que são os livros com as leis de Moisés, o trabalho e a justiça social.
Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/judaismo-messianico-conheca-os-judeus-que-creem-em-jesus-cristo/

Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!

Comentários

Écio da Costa disse…
Que matéria meu irmão, muitos teem falado mal desta obra, temos que abrir os olhos e ter com proridade pregar o evangelho e ganhar os judeus que tem o coração endurecido porque o proprio Deus o fez. Fique na paz de Cristo!
Paulo Talmid disse…
Boa sua postagem, mas podia ser mais rica. Foi justamente essa ruptura que fez com que o cristianismo se tornasse essa bagunça que vemos hoje. Eanquanto o judeus-messiânicos amntiveram-se fieis as Escrituras, tanto do Tanakh quanto da Brit Hadasha.

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

As 5 expressões evangélicas mais sem sentido usadas nas Igrejas
5 – EXORTAR Essa expressão é usada de modo equivocado em 100% das Igrejas. Segundo qualquer dicionário, exortar significa “animar, incentivar, estimular”. Logo, exortar o irmão que está em pecado na verdade não significa repreende-lo. Quem está vivendo no erro não precisa de um incentivo, mas de um auxílio. 4 – LEVITA Essa morreu no Antigo Testamento. Os Levitas eram descendentes da Tribo de Levi, e eram encarregados de TODO O SERVIÇO no Templo. Mas Levita tem sido usado como sinônimo de músico. Besteira pura! Pra começar a música no serviço levítico era a menor das tarefas. A faxina, organização e carregar peso nas costas, isso sim era a parte mais importante do trabalho. Levando em conta que não somos judeus, não somos descendentes daquela tribo e também lembrando que o Templo não existe mais, então estamos dispensados do serviço levítico. Músico é músico. Ponto.
3 – PROFETA Segundo a bíblia, profeta é aquele que revela a von…

95 Teses para a Igreja de Hoje

Reafirmamos a necessidade das 95 teses de Lutero para Igreja. Há uma necessidade de uma Reforma nos dias atuais!
1 – Reafirmamos a supremacia das Escrituras Sagradas sobre quaisquer visões, sonhos ou novas revelações que possam aparecer. (Mc 13.31) 2 – Entendemos que todas as doutrinas, idéias, projetos ou ministérios devem passar pelo crivo da Palavra de Deus, levando-se em conta sua total revelação em Cristo e no Novo Testamento do Seu sangue. (Hb 1.1-2) 3 – Repudiamos toda e qualquer tentativa de utilização do texto sagrado visando a manipulação e domínio do povo que, sinceramente, deseja seguir a Deus. (2 Pe 1.20) 4 – Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus e que contém TODA a revelação que Deus julgou necessária para todos os povos, em todos os tempos, não necessitando de revelações posteriores, sejam essas revelações trazidas por anjos, profetas ou quaisquer outras pessoas. (2 Tm 3.16) 5 – Que o ensino coerente das Escrituras volte a ocupar lugar de honra em nossas igrejas. Que haja …

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

PASTORA DENUNCIA LIDERANÇA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR Comentário de Wagner Lemos (ex-membro dessa empresa que muitos chamam de Igreja Quadrangular): Como membro da Quadrangular a mais de 15 anos sei de muita coisa ali… e o que é escancarado é nossa liderança corrupta! Que vê as igrejas como empresas e sua membresia como clientes. Tenho um amigo pastor que foi designado para pastorear uma igreja Quadrangular numa cidade vizinha a nossa, e quando retornou me contou com lagrimas nos olhos: A reunião de liderança da minha região é uma vergonha! Tive que ouvir coisas como: Bater metas financeiras… Arrecadação… Propósitos… Não ouve a menção de almas! Apenas dinheiro… Parecia estar numa reunião de empresários sem ser uma… E esse vídeo que achei na internet só comprova aquilo que já sabia a muito tempo! Os pastores do alto escalão, normalmente os responsável por cada região sobrevivem das igrejas de bairro. Os pastores se viram como podem para manter a igreja e ainda enviar a porcent…