Pular para o conteúdo principal

Por Que DEUS Não Impediu a Queda!

Hermes Fernandes


Eis uma das mais delicadas questões com que se depara a Teologia cristã. Como crentes na soberania divina irrestrita, não podemos supor que a Queda tenha pego Deus de surpresa.

A prova de que Deus não apenas previa a desobediência humana, como a permitiu, e a incluiu em Seu glorioso plano, é que, antes mesmo da fundação do mundo, Ele havia provido um meio de equacionar o problema do pecado. De forma que a Bíblia nos apresenta Cristo como o “Cordeiro que foi morto desde antes da fundação do mundo” (Ap.13:8b).

Não há improvisos no plano arquitetado por Deus. E a prova disso é que Ele já havia feito ampla provisão.

Antes do início da História, um plano foi arquitetado, em que cada evento foi previamente decretado pelo Criador. Em Sua Onisciência, Deus sempre soube com antecedência de todas as coisas. O Deus das Escrituras não deve ser confundido com o “deus” da chamada teologia de processo, que nada sabe quanto o futuro, pois é refém do tempo que ele mesmo criou.

Definitivamente, Deus não é refém do tempo. Ele vive na Eternidade, onde não há passado ou futuro, mas um eterno agora. Todas as coisas estão diante d’Ele concomitantemente. Ele não precisa lançar mão de dados estatísticos, para saber a probabilidade de algo acontecer ou não. Ele simplesmente sabe.

Em Sua sabedoria, Ele decidiu que o homem só conheceria Seu amor e Sua graça, se tropeçasse e caísse de seu estado original.

Agostinho foi feliz ao declarar: “Oh bendita queda, que nos proporcionou tão grande redentor!”. Se não houvesse Queda, não haveria necessidade de Redenção. Se não ocorresse a Ruptura, também não haveria a Convergência em Cristo na Plenitude dos Tempos. Portanto, não haveria cruz; jamais entenderíamos a profundidade do amor de Deus. A graça nos seria um conceito desprovido de qualquer sentido.

Sem a Queda, fatalmente seríamos corrompidos por nossa própria perfeição, como aconteceu com um tal querubim ungido.

Foi melhor sermos humilhados, para ser depois exaltados pela Graça divina, do que nos exaltarmos, e sermos definitivamente derrubados de nossa arrogância.

Tudo estava no plano de Deus. A maneira como cairíamos, e como seríamos reconduzidos à glória.

A serpente não entrou no paraíso por um descuido de Deus.

A provisão de Deus para a reversão da Queda é Cristo. Ele reverteu, através de Sua obediência, o processo desencadeado pelo pecado.

Ele não só zerou nosso débito, mas colocou-nos numa situação de crédito com Deus.

Adão foi tentado no paraíso e caiu. Jesus foi tentado no deserto, e não caiu. Enquanto Adão podia comer de todas as árvores, Jesus, no deserto, não tinha alternativa pra saciar Sua fome, senão transformar pedras em pão. Mas Ele resistiu até o último instante.

Agora, Sua vida justa e santa é creditada em nossa conta, enquanto nossos pecados foram debitados na Sua. “Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós, para que nele fôssemos feitos justiça de Deus” (2 Co.5:21).


Fonte: 
http://www.genizahvirtual.com/2011/07/por-que-deus-nao-impediu-queda.html 


Opinião do Blog:


Muito boa essa análise, meus parabéns, quem sabe as dúvidas da graça sejam quase todas preenchidas com esta explanação perfeita sobre a graça que é de graça!


Que a Graça nos conscientize de que precisamos mais de TI SENHOR! AMÉM!

Comentários

guereiro de Deus disse…
PRA TUDO DEUS TEM UM PLANO
ELE NUNCA ERROU E NUNCA VAI ERRAR
OS PLANOS DE DEUS SÃO PERFEITOS
TEM ALGUNS BONS E OUTROS RUINS
MAS TUDO COOPERA PARA OS BENS DAQUELE QUE OS AMAM !!!!!!!!!!!!
UM ABRAÇO DO SEU AMIGO E IRMÃO
ELIELSON G3 "um peregrino na estrada da vida"
Nágila disse…
Realmente né Deus sabe o que faz,uma ótima explicação.
Deus vos abençoe
fica na Paz do senhor

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

As 5 expressões evangélicas mais sem sentido usadas nas Igrejas
5 – EXORTAR Essa expressão é usada de modo equivocado em 100% das Igrejas. Segundo qualquer dicionário, exortar significa “animar, incentivar, estimular”. Logo, exortar o irmão que está em pecado na verdade não significa repreende-lo. Quem está vivendo no erro não precisa de um incentivo, mas de um auxílio. 4 – LEVITA Essa morreu no Antigo Testamento. Os Levitas eram descendentes da Tribo de Levi, e eram encarregados de TODO O SERVIÇO no Templo. Mas Levita tem sido usado como sinônimo de músico. Besteira pura! Pra começar a música no serviço levítico era a menor das tarefas. A faxina, organização e carregar peso nas costas, isso sim era a parte mais importante do trabalho. Levando em conta que não somos judeus, não somos descendentes daquela tribo e também lembrando que o Templo não existe mais, então estamos dispensados do serviço levítico. Músico é músico. Ponto.
3 – PROFETA Segundo a bíblia, profeta é aquele que revela a von…

95 Teses para a Igreja de Hoje

Reafirmamos a necessidade das 95 teses de Lutero para Igreja. Há uma necessidade de uma Reforma nos dias atuais!
1 – Reafirmamos a supremacia das Escrituras Sagradas sobre quaisquer visões, sonhos ou novas revelações que possam aparecer. (Mc 13.31) 2 – Entendemos que todas as doutrinas, idéias, projetos ou ministérios devem passar pelo crivo da Palavra de Deus, levando-se em conta sua total revelação em Cristo e no Novo Testamento do Seu sangue. (Hb 1.1-2) 3 – Repudiamos toda e qualquer tentativa de utilização do texto sagrado visando a manipulação e domínio do povo que, sinceramente, deseja seguir a Deus. (2 Pe 1.20) 4 – Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus e que contém TODA a revelação que Deus julgou necessária para todos os povos, em todos os tempos, não necessitando de revelações posteriores, sejam essas revelações trazidas por anjos, profetas ou quaisquer outras pessoas. (2 Tm 3.16) 5 – Que o ensino coerente das Escrituras volte a ocupar lugar de honra em nossas igrejas. Que haja …

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

PASTORA DENUNCIA LIDERANÇA DA IGREJA DO EVANGELHO QUADRANGULAR Comentário de Wagner Lemos (ex-membro dessa empresa que muitos chamam de Igreja Quadrangular): Como membro da Quadrangular a mais de 15 anos sei de muita coisa ali… e o que é escancarado é nossa liderança corrupta! Que vê as igrejas como empresas e sua membresia como clientes. Tenho um amigo pastor que foi designado para pastorear uma igreja Quadrangular numa cidade vizinha a nossa, e quando retornou me contou com lagrimas nos olhos: A reunião de liderança da minha região é uma vergonha! Tive que ouvir coisas como: Bater metas financeiras… Arrecadação… Propósitos… Não ouve a menção de almas! Apenas dinheiro… Parecia estar numa reunião de empresários sem ser uma… E esse vídeo que achei na internet só comprova aquilo que já sabia a muito tempo! Os pastores do alto escalão, normalmente os responsável por cada região sobrevivem das igrejas de bairro. Os pastores se viram como podem para manter a igreja e ainda enviar a porcent…