Dicionário do Movimento Neo-Evangélico Brasileiro!

Por Leonardo Gonçalves
BAAL = Divindade do panteão caldeu, conhecida pela ociosidade. Dorminhoco, não atende orações nem responde aos seus mais consagrados profetas. Enfim, um deus inerte e folgado que os teólogos moderninhos repaginaram e decidiram chamar de Deus Relacional.
Baal: O "deus" dos teístas abertos
BÍBLIA = Um livro cheio de mitos que precisa ser analisado de forma subjetiva e pessoal, mesmo que nossas conclusões não reflitam a intenção do autor. (Lembre-se: O interprete é soberano sobre o texto e não existem verdades absolutas)
BLOG APOLOGÉTICO = Ferramenta usada pelo diabo para frear o avanço dos pensadores neoevangélicos liberais, iluminados pelo Gizuiz Emo e o Giová ocioso pregados pelos teístas abertos, supra-sumos da intelectualidade crista pós-moderna.
CALVINISMO = Inquisição.
COMUNISMO = Reino de Deus.
DEUS RELACIONAL = Baal. Por mais que você clame a ele, ele não responde. Jamais vai intervir na história humana. Ver “ESPANTALHO”.
ED RENÉ KVITZ = Chuck Norris. Sumidade da teologia relativista/relacional/emo/moderninha brasileira.
Créditos de imagem: Blog Lixeira Teológica
ESPANTALHO = Deus Relacional. Na verdade, ele não é bem um espantalho; Ele só é tímido. Quer fazer amizade, mas só fica olhando de longe… paradão… tipo na dele. Ver BAAL.
HERESIA = Meio usado pelos pastores cinquentões e esquecidos para voltar à mídia e ganhar seguidores.
HORIZONTE UTÓPICO = Um embromeichon pra negar a vinda de Jesus e pagar de intelectual pros burgueses. Aquele papo de “virei outra vez” não vai acontecer: É tipo “pegadinha do Malandro”.
INFERNO = Isso Non Ecxisti.
JUNG MO SUNG = Deus.
LICENÇA POÉTICA = Desculpa pra inventar heresias. Também pode ser usado como meio de evadir diante de um questionamento teológico.
ORTODOXIA = Palavrão, tipo xingar a mãe de alguém ou coisa parecida.
PÚLPITO CRISTÃO = Site demoníaco. Não leiam!
RICARDO GONDIM = Pensador burguês que “pensa que pensa” e escreve uns textos horrorosos e longos que ninguém entende, mas muitos fingem admirar.
SALVAÇÃO = Boas obras. Dar sopão para os mendigos, etc.
TEÍSMO ABERTO = Sistema teológico que diz que Deus não sabe de nada que vai acontecer amanhã. Os seguidores deste sistema falam contra a teologia da prosperidade, mas padecem do mesmo mal dos neopentecostais: subserviência burra às idéias heréticas dos seus líderes.
TEÍSTA ABERTO = Jovem de classe média que tem entre “vinte e poucos” e “trinta e poucos” anos, revoltado com a igreja institucional, e que idolatram textos do Ricardo Gondim e Elienai Cabral Jr.
TEOLOGIA RELACIONAL = Pregação sobre um Deus atrapalhado que não faz nada direito e fica torcendo pra gente acertar. Ver “TEISMO ABERTO”
***
Leonardo Gonçalves é editor do Púlpito Cristão
Que o SENHOR tenha misericórdia de nós! AMÉM!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 Expressões Sem Sentido Usadas na Igreja Hoje!

Denúncia na igreja do evangelho quadrangular!

95 Teses para a Igreja de Hoje